De 25 a 28 de agosto, Porto Formoso, em São Miguel, recebe o Eco Festival Azores Burning Summer. Este ano o programa conta com uma parceria com o NOMA Azores, e o projeto MOINHOS REVIVAL, que pretende resgatar a ligação afetiva entre o público e a Praia dos Moinhos.

O Eco Festival Azores Burning Summer assume-se como não sendo um festival para massas, mas sim, "um evento de acesso equilibrado, seguro e confortável, que promove uma programação musical de qualidade e integrada no contexto natural da Praia dos Moinhos, a par de uma forte sensibilização ambiental". É assim que, desde 2015, Porto Formoso se enche de música e promove uma consciência ambiental através dela. O evento caracteriza-se como um "laboratório socioambiental", onde o público tem acesso a um conjunto de práticas para o desenvolvimento de uma consciência ecológica coletiva, com vista à mudança de comportamentos para um modo de vida mais sustentável. Esta estratégia materializa-se não só através das medidas ecológicas introduzidas, testadas e promovidas no evento, mas também por uma programação ecológica através dos debates "Eco Talks", exposições como a exposição de veículos elétricos, a feira de ecodesign "Burning Market", projetos de Land Art e o ciclo de Cinema ao ar livre.

Este ano, o festival associa-se ao MOINHOS REVIVAL, projeto que pretende celebrar e eternizar os bons momentos partilhados pelas várias gerações que se cruzaram e conviveram na Praia dos Moinhos a partir do final da década de 70, resgatando assim um "legado emocional, o espírito de uma época onde a liberdade, a amizade e o culto pela boa música viveram lado a lado".

Para a 7ª edição, a organização do festival estabeleceu uma programação diurna, entre as 16h e as 20h, em pleno período balnear, acessível a quem frequentar a Praia dos Moinhos nos dias do evento e uma programação noturna, entre as 20h e as 00h. Todas as performances decorrem sobre o palco montado na esplanada do bar da Praia dos Moinhos. A edição de 2021 irá ainda decorrer em condições idênticas às da 6ª edição.

O programa completo pode ser consultado, aqui.

Texto de Patrícia Nogueira
Fotografia disponível via Unsplash

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal clica aqui.