Para assinalar 20 anos de carreira, Vhils lançou “Pentimento”, uma monografia disponível desde o dia 29 de abril na loja online da Underdogs. São 608 páginas com cerca de 199 obras nunca antes reveladas anteriormente, desde os tempos em que o graffiti era o seu meio de expressão.

Com Miguel Moore na coordenação editorial, a monografia conta com um texto introdutório de Roger Gastman, curador e investigador, e design gráfico de João M. Machado. Juntos reuniram com Vhils os trabalhos que compõem 20 anos de carreira e trouxeram reflexões para o papel. Das cerca de 600 obras, 143 peças são exteriores e 158 são cartazes. 

A monografia reúne trabalhos dos 20 anos de carreira de Vhils

“A selecção das obras foi orientada pelo desígnio de assinalar aquelas mais relevantes, mas também dar a conhecer outras inéditas ou de base experimental, uma das mais relevantes características da prática artística de Vhils. A natureza da organização do livro, de base sequencial e cronológica, visa com que seja a própria evolução e desenvolvimento da obra a ditar o ritmo do mesmo”, explica Miguel Moore no comunicado enviado à imprensa. João M. Machado acrescenta que “ao longo do desenvolvimento deste projecto gráfico procurou-se encontrar um equilíbrio entre uma referência ao trabalho do artista e aquilo que poderia ser considerado um pastiche do mesmo” – “por um lado este livro não foge do seu assunto mas, por outro, assume um carácter próprio.”

A edição especial conta com uma caixa de acrílico e uma serigrafia exclusiva

“Pentimento”, cujo nome deriva de um termo que se refere a traços deixados por artistas sob as camadas que formam uma obra final, é publicado numa edição regular e numa outra, especial e limitada a 300 unidades, assinada e numerada pelo artista, com uma caixa acrílica e uma serigrafia exclusiva. De acordo com Vhils, citado no mesmo comunicado, “é uma obra monumental, num formato fora do comum, pensada para dar destaque digno às várias obras e projetos que foram criteriosamente selecionados para este contexto”.  

“Esta monografia foi pensada para assinalar os vinte anos desde que comecei a pintar na rua, que eu vejo como o início do meu percurso artístico. Seguindo uma organização cronológica, procura fazer o balanço destas últimas duas décadas de produção, com especial ênfase para o período entre 2006, data em que apresentei a minha primeira instalação a título individual na Vera Cortês Agência de Arte, e o final de 2019”, diz o artista.

A edição da prova de artista já está esgotada, mas ainda existem exemplares da edição regular, cujo valor é 95€, e da especial, de 1400€. Ambas estão disponíveis aqui, na Underdogs, e 10€ do valor final da primeira serão repartidos de forma igual pelas associações Passa Sabi, Geração com Futuro e a Comunidade Vida e Paz.  

Podes recordar a entrevista que o Gerador fez ao Vhils, pela altura do festival Iminente, aqui.

Texto de Carolina Franco
Fotografias de Alexander Silva
Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.