É no dia 23 de abril que as Carpintarias de São Lázaro inauguram a exposição "Releasing the Archive - Arte, Antropologia ou Performance?". Voltada para o trabalho de investigação e criação visual do antropólogo norte-americano Doug Bailey, a exposição produzida pelas Carpintarias. propõe uma abordagem performática, no qual o público tem um papel central.

Releasing the Archive apresenta um papel problematizado dos arquivos visuais na questão da memória, da cultura e do poder político. "É tanto sugestão como provocação, numa tentativa de libertar as almas-aprisionadas mas também de incitar ao debate sobre a existência e o tratamento de certo tipo de material de arquivo", lê-se na apresentação da exposição.

Agora desenhada numa produção CSL para o tema da programação de cruzamento 'Para os olhos mas não só' das Carpintarias de São Lázaro, a exposição apresenta ainda uma abordagem performática, onde o público desempenha um papel central.

Aliado ao tema, contará ainda com a realização de debates durante o mês de junho onde diversos participantes, assim como o público, público poderão trazer e discutir as suas próprias experiências.

Local: Carpintarias de São Lázaro;

Horário: 14 horas até às 21horas;

Bilhete: grátis.

Fotografia de D.R.