Em outubro de 2020, o coletivo portuense Stones against diamonds lançou uma publicação centrada na análise do esvaziamento do papel do Estado enquanto entidade mediadora da "produção do espaço", assim como na sua substituição pela "mão invisível do mercado" que vai integra a arquitetura nas estruturas político-económicas do neoliberalismo.
No dia 20 de fevereiro os autores da publicação apresentam a mesma na sal do TBA, online.

O grupo tenciona abordar o papel que a arquitetura desempenha atualmente num quadro de transformações políticas, sociais e económicas, como também interrogar a função do arquiteto na nova sessão de #PráticasdeLeitura.

Local: Online, Sala Zoom;

Data e hora: 20 fevereiro, às 15 horas.

Entrada: podes aceder gratuitamente através deste link.

Fotografia via Unsplash