O que fazer quando um estranho que, na verdade, não é um estranho qualquer nos convida a parar no meio de uma estrada para ouvir poemas? O ator André Gago vai estar, já no próximo dia 12 de outubro, sentado num sofá no meio da Alameda das Linhas de Torres, uma das principais estradas do Lumiar que estará, neste dia, fechada ao trânsito para o Trampolim Gerador.

André Gago estreou-se como ator em 1984. Criou o Teatro Instável em 2004, ensina Técnica da Máscara em inúmeros cursos e workshops e, inclusivamente, a partir da sua colecção de máscaras portuguesas tem realizado diversas exposições pelo país. Já subiu a palco com criações próprias e adaptou, entre muitos outros autores, Jorge de Sena e Aquilino Ribeiro.

Integra, actualmente, quatro formações musicais com espectáculos de poesia – Beat Hotel e A Flor do Lácio, onde apresenta composições suas, a Lisbon Poetry Orchestra e o projecto No Precipício Era o Verbo. Com a soprano Siphiwe McKenzie e o pianista João Paulo Santos criou o recital “Flaubert-Colet”. A par destes projectos, alinha em vários recitais poéticos, nos mais variados formatos. Ouvimos dizer que até mesmo naqueles em que o palco é um sofá. Tem, ainda, uma vasta experiência como ator em televisão.

No dia 12 de outubro André Gago partilha o Sofá dos Poemas com a atriz Diana Nicolau.

O Trampolim Gerador, uma organização conjunta do Gerador e da Junta de Freguesia do Lumiar, leva mais de 50 momentos culturais gratuitos, desde concertos, teatro, dança, exposições ou mesmo gastronomia, ao Lumiar, em Lisboa, já no próximo dia 12 de outubro.
O programa, que começa pelas 16h, invade espaços inusitados como uma oficina automóvel, um centro comercial dos anos 80, palacetes históricos ou mesmo a Alameda das Linhas de Torres, que vai ter uma zona fechada ao trânsito nesse dia.
Descobre a agenda completa aqui.