O Centro de Artes de Águeda reagendou para o dia 7 de Maio, a peça O Amante” de Harold Pinter, um dos grandes dramaturgos do século XX e vencedor do Prémio Nobel da Literatura. Com direção de Albano Jerónimo e Cláudia Lucas Chéu, e interpretação de Custódia Gallego, Virgílio Castelo e Luís Puto, a peça retrata a história de um casal que, para quebrar a monotonia do casamento, constrói uma fantasia de infidelidade na qual o homem se transforma num desconhecido que bate à porta de casa para se envolver com a mulher.

Como é que usamos os sentimentos para construir as nossas personalidades? E como é que as emoções ajudam ou prejudicam as nossas intenções? "O Amante", de Harold Pinter, propõe um envolvimento na narrativa de uma relação amorosa entre duas pessoas através dos seus fetiches, mostrando-nos a necessidade de lidar com as contradições do coração, com os seus conflitos, e o desejo de reconciliação.

Os atores, Virgílio Castelo e Custódia Gallego, sobem ao palco para interpretar "O Amante"

Albano Jerónimo, descreve a peça de Harold Pinter como um confronto entre duas pessoas, "com as suas escolhas, com a sua cultura e aquilo que aprenderam nas suas vidas. Põem-nas a dançar, e depois essa dança pode ser mais ou menos perversa, pode ser mais ou menos jogada, e pode ser altamente honesta, até que chega a um ponto onde os atores estão nus à frente um do outro, não literalmente, mas nus por dentro”.

A peça sobe ao palco do Auditório do Centro de Artes de Águeda no próximo dia 7 de maio, pelas 20h30.

Local: Auditório do Centro de Artes de Águeda

Horário: dia 7 de maio, às 20h30

Preço: Bilhete 10€, pode adquirir aqui.

Fotografia da cortesia de Centro de Artes de Águeda