De Nascente a Poente, uma peça de Tiago Mateus, estará no Centro de Artes de Lisboa, entre 13 e 16 de Fevereiro.

Esta produção do Estado Zero explora a espera, partilhada por dois amigos “sentados à espera do sinal de partida, da ordem de embarque para uma viagem sob outra condição. Inventam motivações para conseguirem aguentar a passagem do tempo – encurtá-lo através da amizade intransigente que mantêm. Sabem a regra da vida e fingem não a saber. De transgressão em transgressão, de progressão em progressão, com humor e beleza desafiam os deuses; mordendo-lhes os calcanhares, absorvendo o seu conhecimento”, lê-se na sinopse. Contudo, algo irromperá deste tempo monótono, entre o real e o onírico.

O autor, e encenador, também interpreta, juntamente com Alexandre Pieroni Calado, Inês Galhardo, Maria Eduarda e Paulo Pinto.

Local: Centro de Artes de Lisboa

Data e hora: de 13 a 16 de Fevereiro, às 21h30

Preço: 7€

Fotografia cedida por Estado Zero

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.