As atrizes Isabel Costa e Mia Tomé juntam-se para um brinde de encerramento do festival com todos, no dia 20 de junho pelas 21h00, no palco Gerador, onde a dissertação, performance e júbilo, serão privilegiados. Não há certezas absolutas sobre a origem do brinde, vem da antiguidade? Começou com os Gregos? Sabemos no entanto, que confiança e celebração são duas palavras certeiras sobre o seu universo.

Isabel Costa trabalha em teatro, cinema, na área de produção de exposições e curadoria. É diplomada em teatro pela Escola Superior de Teatro e Cinema, tendo completado a sua formação na Universidade de Warwick (Inglaterra) e na UNIRIO (Brasil). É membro do grupo de teatro Os Possessos desde 2014.

Na área de produção de exposições passou pelo Paço Imperial no Rio de Janeiro (Brasil) e pela Galeria Luís Serpa Projectos (Lisboa) e pela Galeria Primner. Em 2016 terminou o mestrado Eramus Mundus Crossways in Cultural Narratives, tendo passado pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas na Universidade Nova de Lisboa, pela Universidade de Perpignan (França) e pela Universidade  de Guelph (Canadá). Dedicou-se ao tema do arquivo na performance arte.

Em 2017 iniciou a criação de projetos a solo. Apresenta a criação “Estufa-Fria – A Caminho de uma Nova Esfera de Relações” na Bienal de Jovens Criadores, e a primeira edição do Projeto Manifesta, um projecto produzido por Os Possessos. Em 2019 apresenta as criações “Maratona de Manifestos” e “Salão Para o Século XXI.”

De 18 a 20 de junho vamos tentar responder à pergunta Qual o futuro da cultura e da criatividade? dando voz a nomes que admiramos como Vhils, Salvador Sobral, Margarida Pinto Correia, Rui Horta, Capicua, Chef Kiko, Clara Não, André Gago, Sara Barros Leitão, Benjamim, Constança Entrudo, Matilde Campilho ou Carla Maciel, num total de mais de 40 cabeças de cartaz.

Vais poder assistir a concertos, debates, performances, apresentações, masterclasses e teres acesso a um conjunto de loucuras que revelaremos em breve, porque decidimos reinventar a forma de viveres um festival online 😊 Descobre tudo na página principal do Oeiras Ignição Gerador.

No Gerador sentimos a responsabilidade de pensar, questionar e agir sobre a cultura e a criatividade. Sabemos que somos incompletos nesta missão sem os artistas, os autores e os técnicos que nos rodeiam. Por isso, consideramos fundamental remunerar quem desafiamos. Quer seja quando fazemos eventos presenciais, quer quando mergulhamos no mundo digital. 

Compra já aqui o teu passe de 3 dias.

isabel_costa_oeiras_ignicao_gerador