O filme “Kilas, o Mau da Fita” (1980), de José Fonseca e Costa, vai ser apresentado no dia 9 de novembro, na Casa do Alentejo. Às 15h30, ocorre a visualização comentada por João Pedro Cachopo – ensaísta, tradutor e investigador nas áreas da Filosofia, da Musicologia e dos Estudos Literários – e também por José Bértolo, investigador nas áreas dos Estudos Fílmicos. Às 17h30, realiza-se a projeção completa do filme. A entrada é gratuita.

Este evento está inscrito no Topografias Imaginárias – 6º ciclo de cinema de visionamentos comentados, organizado pelo Arquivo de Lisboa, em parceria com o Instituto de Filosofia da Universidade Nova de Lisboa.

“Kilas, o Mau da Fita” (1980), de José Fonseca e Costa, foi um dos maiores êxitos de bilheteira da história do cinema português, segundo consta em comunicado. É protagonizado por Mário Viegas e tem música de Sérgio Godinho que também assina o argumento. Trata-se de uma sátira a um certo meio português, com interpretações de Mário Viegas (Kilas – personagem principal), Lia Gama, Luís Lello, Lima Duarte, Milú, Paula Guedes, Natalia Do Vale, Tony Morgon.

Sabe mais sobre “Kilas, o Mau da Fita” aqui.

Vê o programa do ciclo de cinema Topografias Imaginárias aqui.

Local: Casa do Alentejo, Lisboa.

Data e hora: Dia 9 de novembro, às 15h30 (visualização comentada) e às 17h30 (visualização completa do filme).

Preço: Entrada gratuita.

O próximo filme a ser apresentado será “A Janela (Maryalva Mix)” de Edgar Pêra (2001), nas instalações do Grupo Excursionista Vai Tu (Rua da Bica de Duarte Belo).

Imagem – Cortesia da comunicação do Topografias Imaginárias

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.