O Funchal está oficialmente na corrida para o título de "Capital Europeia da Cultura" para o ano de 2027.

A marca "Funchal 2027" nasceu da temática da insularidade, criada por Juan Abreu, técnico superior de Arte e Multimédia do Teatro Municipal Baltazar Dias. Sob o tema "Ir mais além", ao nascimento da marca está "implícito o facto do Funchal ser a única cidade candidata que está localizada num território ultraperiférico".

Portugal e Letónia são os dois países anfitriões para o título. No caso da cidade do Funchal apresenta a candidatura com o objetivo de "reforçar a estratégia cultural que já iniciou em 2013 e aproveitar para projetar a nível regional, nacional e internacional uma visão e um trabalho estrutural cultural para a próxima década", afirma a Câmara Municipal do Funchal em comunicado. O município acredita que a aprovação desta candidatura "ajudará a desenvolver a cidade em termos artísticos, patrimoniais, culturais, sociais e económicos".

A par com o Funchal, na corrida para a conquista deste título estão também mais nove municípios portugueses: Aveiro, Braga, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Oeiras e Viana do Castelo. Portugal já venceu por três vezes este título: Lisboa, em 1994, Porto, em 2001, e Guimarães, em 2012.

A Capital Europeia da Cultura é uma iniciativa da União Europeia, que teve início em 1985, e procura promover a diversidade de culturas na Europa.

Texto de Bárbara Dixe Ramos
Fotografia via Pixabay

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.