O trabalho mais recente da astista bretã Maud Téphany fica disponível em exposição na Galeria NAVE, no Príncipe Real, a partir do dia 10 de setembro.

A exposição com curadoria de Mercedes Cerón, apresenta “peças esculturais biomórficas aliadas a uma linguagem geométrica de formas singulares”. Assim, até 24 de outubro poderá visitar “NOMEN DUBIUM”, uma exposição cujas peças “enfatizam a não referência a um conteúdo objetivo”, sendo por isso representadas “por uma sugestão visual subtil”.

Maud Téphany nasceu na Bretanha, mas desde 2005 que vive e trabalha entre França e Portugal. Em 2019 teve uma peça selecionada para a Bienal internacional de Cerâmica de Aveiro, e expôs o seu trabalho individual “Vessels or the reclamation of useless” na galeria FOCO.

A Galeria NAVE promove a exposição de combinações artísticas contemporâneas e multidisciplinares num enquadramento de autor, incluídas no panorama nacional e internacional.

Fotografia Joana Correia e Teresa CG

Descobre aqui a Agenda Gerador, onde podes encontrar este e outros eventos.