O artista visual vai participar nas talks do dia 19 de junho, no Palco Oeiras pelas 15h30. Para este dia desafiámos um conjunto de autores de várias dimensões culturais e artísticas a partilharem os temas que os inquietam. No dia descobrirás quais são ;-)  

Inicia o curso de Design de Comunicação na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto em 1999 e, a partir desse ano, começa a desenvolver intervenções de graffiti no espaço urbano e, em paralelo, trabalhos encomendados. Estabeleceu-se como freelancer no espaço cultural ‘Maus Hábitos’, no Porto, onde criou o seu primeiro estúdio.

Em 2005, no âmbito acadêmico, criou o projeto de intervenção ‘±MAISMENOS±’, que se tornou uma referência no panorama nacional e internacional de arte urbana. De 2011 a 2013 foi diretor artístico na Ivity Brand Corp. A partir de 2014 estabeleceu-se no Porto e dedica-se quase exclusivamente ao projeto ‘±’, levando-o a outros países e posicionando-o na cena artística nacional e internacional.

Sob a bandeira ‘±MaisMenos ±’, produziu diversos trabalhos criativos, além de inúmeras intervenções ilegais de arte pública em diversos países, o projeto foi também exibido em exposições individuais e de grupo em vários contextos institucionais em cidades como Rio de Janeiro, Roma, Cidade do México, Banguecoque, Paris ou Tenerife. O projeto foi também objecto de duas TED talks, em Luanda e no Porto, bem como outras palestras públicas e académicas.

De 18 a 20 de junho vamos tentar responder à pergunta Qual o futuro da cultura e da criatividade? dando voz a nomes que admiramos como Vhils, Salvador Sobral, Margarida Pinto Correia, Rui Horta, Capicua, Chef Kiko, Clara Não, André Gago, Sara Barros Leitão, Benjamim, Constança Entrudo, Matilde Campilho ou Carla Maciel, num total de mais de 40 cabeças de cartaz.

Vais poder assistir a concertos, debates, performances, apresentações, masterclasses e teres acesso a um conjunto de loucuras que revelaremos em breve, porque decidimos reinventar a forma de viveres um festival online 😊 Descobre tudo na página principal do Oeiras Ignição Gerador.

No Gerador sentimos a responsabilidade de pensar, questionar e agir sobre a cultura e a criatividade. Sabemos que somos incompletos nesta missão sem os artistas, os autores e os técnicos que nos rodeiam. Por isso, consideramos fundamental remunerar quem desafiamos. Quer seja quando fazemos eventos presenciais, quer quando mergulhamos no mundo digital. 

Compra já aqui o teu passe de 3 dias.