A 1.ª edição do FIVAcc – Festival Internacional de Videoarte Cultivamos Cultura decorre de 25 a 31 de agosto, na aldeia de São Luís, em Odemira, para celebrar a cultura no campo, através de uma programação diurna exclusiva, gratuita, que prevê jantares, projeções, passeios, conversas e oficinas.

O alemão Patrik Thomas, a mexicana Ximena Cuevas, a portuguesa Inês T. Alves e ainda o italiano Daniele Grosso, foram os quatro curadores convidados para mesclar as suas visões culturais. Juntos criaram uma programação na qual a videoarte torna-se fio condutor para a convivência e discussão artística longe dos centro urbanos, que se distingue pela participação. Nas diferentes iniciativas propostas, tais como Poesia Pintada, ou Paradigmas em Transição, o que conta é a participação dos presentes, tendo como objetivo aprendizagens feitas a partir de colaboração, partilha e mão na massa.

Para além das 37 atividades previstas, a programação prevê ainda, espaço aberto a propostas externas de atividades e ainda a construção de uma composteira de uso coletivo, respeitando os valores sustentáveis que o festival visa transmitir. Pretende-se ainda o plantio de 300 árvores para regenerar resíduos e compensar a emissão de gases de estufa no solo alentejano.

O FIVAcc é uma iniciativa levada a cabo pelo Cultivamos Cultura, uma plataforma natural de São Luís, que pretende estimular a experimentação e o desenvolvimento teóricos e práticos nas áreas de ciência, tecnologia e arte contemporânea e pelo coletivo O Bosque, de Estremoz.

Local: São Luís, Odemira

Data: 25 a 31 de agosto

Preço: entrada livre

Ilustração de ©FIVAcc

Se queres ler mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.