“Osmarina Pernambuco não consegue esquecer” é uma criação da atriz e dramaturga brasileira Keli Freitas que estará em cena no Teatro Nacional D. Maria II (TNDMII) de 21 de novembro a 1 de dezembro. Este espetáculo baseia-se na vida de Osmarina Pernambuco, mulher brasileira nascida em 1919, que registou o seu quotidiano em diários, de forma rigorosa, incluindo todos aqueles pormenores que, geralmente, não são dignos de referência quando se recorda uma vida.

Nos diários de Osmarina estão registadas coisas de todos os dias: quantas batatas, quantas camisas, quantos filhos, os nomes de cada um, um a um; coisas pequenas e grandes, a minúcia das relações, um ritual que dá a ver gente e vida, como se pode ler na descrição do evento cedida pelo TNDMII. Este espetáculo, criado por Keli Freitas (texto, encenação e interpretação), partiu do contacto com estes diários. “É um espetáculo que espreita o mundo através das anotações que ali resistem e que projeta, no extraordinário compromisso desta mulher com a escrita, uma aprendizagem contra o esquecimento.” (TNDMII)

Esta é uma produção da Associação Cultural TRUTA.

No dia 24 de novembro haverá uma conversa com os artistas depois do espetáculo. A sessão com interpretação em língua gestual portuguesa é no dia 1 de dezembro.

Local: Teatro Nacional D. Maria II, Lisboa (Sala de Cenografia)

Data e hora: De 21 de novembro a 1 de dezembro. Quarta-sexta e domingo, às 19h; sábado, às 21h.

Preço: 11€.

Compra o bilhete online aqui.

Fotografia de Filipe Ferreira

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.