O coletivo teatral teatromosca estreia no dia 5 de julho “O Deus das Moscas”, uma adaptação do romance homónimo de William Golding produzida pelo coletivo e promovida pela Fundação Cultursintra, na Quinra da Ribafria, em Sintra. Até ao dia 31 de agosto a peça encenada por Pedro Alves e com banda sonora original composta por Noiserv junta em palco uma equipa profissional com um grupo de jovens não profissionais, com idades a partir dos 15 anos.

Inserido num ciclo em que o teatromosca se encontra inserido e que procura questionar conceitos como “identidade”, “juventude” e “maioridade”, o trabalho com 13 jovens — entre eles atrizes, produtores, técnicos —e ainda outras questões prementes como a ascensão de regimes totalitários, o conceito de maioridade e a perda da inocência.

Publicado originalmente em 1954, “O Deus das Moscas” é um romance de William Golding que propõe uma reflexão sobre a natureza do mal e a linha ténue que poderá distinguir a civilização da barbárie. Na quinta seiscentista sintrense — Quinta da Ribafria — a história ganha vida num cenário idílico que convida espectadores e atores a deambular pelo espaço, integrados na narrativa. 

Os bilhetes já se encontram à venda nos locais habituais e na Ticketline

Local: Quinta da Ribafria, em Sintra

Data e hora: Entre 5 de julho e 31 de agosto, sextas e sábados às 21h30

Preço: 12€

Cartaz de teatromosca

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.