Sopa de Pedra, grupo composto por dez mulheres portuguesas que se conhecem desde pequenas, estará no dia 23 de novembro, às 21:30, no Auditório de Espinho – Academia.

As Sopa de Pedra encontraram na música tradicional o propósito de falar das gentes e das vidas do povo português. Este grupo de investigação musical, que cria e interpreta arranjos originais e polifónicos à capela,explora a riqueza da cultura musical e popular portuguesa remetendo-a para o contexto da música do mundo atual.

O repertório das Sopa de Pedra conta com composições originais e com músicas tradicionais de outros países, mas inclui sobretudo música de transmissão oral das várias regiões portuguesas, dos cânticos mirandeses de Trás-os-Montes às baladas açorianas, das cantigas de adufeiras da Beira Baixa ao Cante alentejano, passando também pelo repertório de cantautores como Zeca Afonso ou Amélia Muge.

Ao Longe Já Se Ouvia, o disco de estreia das Sopa de Pedra, editado em 2017, é o reflexo das estórias portuguesas sobre as quais se têm debruçado. Ouve aqui o disco e prepara o ouvido para o concerto de amanhã, em Espinho.

Local: Auditório de Espinho – Academia. Rua 34, n.º 884 – 4500-318 Espinho

Data e hora: 23 de novembro, às 21.30

Preço: entre 4 € e 8 €

Fotografia disponível via Facebook. Créditos: João Pádua

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.