Ter noção das preferências dos portugueses, ou da inexistência delas, em relação aos autores e artistas nacionais, pode ser uma importante ferramenta para a avaliação do estado de saúde da cultura no país.

Na secção "Referências Culturais" do Barómetro Gerador Qmetrics 2021, analisamos quais os atores, artistas musicais, artistas plásticos, escritores, realizadores e humoristas que os portugueses mais admiram. Hoje, contamos-te quais foram os resultados na área da escrita.

Pelo terceiro ano consecutivo, José Saramago é a grande referência literária em Portugal. Este ano, é Fernando Pessoa quem ocupa o segundo lugar e, a seguir, José Rodrigues dos Santos. Este é o único autor, para além de Saramago, que se mantém consistentemente no top 3 ao longo de todos os anos analisados, beneficiando, talvez, da sua notoriedade televisiva.

Como podemos ver pela tabela abaixo, Fernando Pessoa e Gil Vicente, clássicos do Programa Nacional de Leitura, ocupam um lugar de destaque no segmento etário mais novo.

Sublinhamos, ainda, a quase inexistência de mulheres no top de escritores, com a única exceção a ser a Sophia de Mello Breyner Andresen.

Quinzenalmente mergulhamos no Barómetro Gerador Qmetrics para te trazermos novas análises sobre a relação dos portugueses com a cultura. Fica atento aos próximos artigos!

O Barómetro Gerador Qmetrics é um estudo anual que analisa a opinião dos portugueses sobre a cultura. Realizado pela primeira vez em 2019, o âmbito do questionário deste ano incidiu, principalmente, nas consequências da pandemia na sociedade e na cultura. Sabe mais sobre o relatório de 2021 aqui e pede o teu relatório completo aqui.

Síntese Ficha Técnica

O universo do estudo é constituído por indivíduos com idade igual ou superior a 15 anos, residentes em Portugal Continental e Ilhas. A Amostra, com 1.200 entrevistas validadas, foi estratificada por região, sexo e escalão etário, em Portugal Continental, e por Ilhas, e distribuída em cada estrato de acordo com a repartição da população alvo em cada estrato. As entrevistas foram realizadas de 22 de março a 27 de abril de 2021, através de um questionário aplicado online utilizando o método CAWI (Computer Assisted Web Interview). Os resultados são apresentados com um nível de confiança de 95%. A margem de erro para a média na escala 1 a 10 é de 0,13 pontos e a margem de erro para a proporção é de 2,12 pontos percentuais.