Num momento particularmente feliz para o cinema português, com o Leopardo de Ouro de Locarno nas mãos de Pedro Costa e prémio de melhor actriz atribuído a Vitalina Varela, com o filme Variações a atingir recordes de audiência nos cinemas lusos e com a grande expectativa gerada em volta do filme de Tiago Guedes, A Herdade, presente na competição principal do Festival de Veneza, pareceu-nos pertinente falarmos sobre realizadores.

No Barómetro Gerador Qmetrics fomos questionar os portugueses sobre quais os realizadores nacionais que mais admiram. Estas são as primeiras 10 referências:

Valores em percentagem.

 

Manoel de Oliveira é, destacadíssimo, o realizador que as pessoas mais nomeiam, seguido, ainda com uma percentagem interessante, pelo António-Pedro Vasconcelos. No entanto, 8 dos realizadores citados apresentam percentagens muito pouco significativas, demonstrando que não há uma notoriedade muito grande de realizadores portugueses para a população em geral.

Aliás, cerca de 75% dos inquiridos não soube (ou não quis) indicar qualquer realizador. Um número muito elevado quando comparado com outras análises, nomeadamente ao artista musical mais admirado (22,7%) e ao actor ou actriz mais admirado (38,3%).

Ainda a destacar que este é o único ranking de autores que analisámos no estudo em que não aparece uma referência feminina nos 10 primeiros.

Sabe tudo sobre estes dados e sobre o Barómetro Gerador Qmetrics aqui.

O Barómetro Gerador Qmetrics pretende fornecer ferramentas para apoiar livremente os autores, agentes culturais e líderes políticos e empresariais nas decisões relacionadas com as estratégias culturais. E quer pôr todos os portugueses a reflectir sobre a importância da cultura para a sociedade.

O Barómetro Gerador Qmetrics é um estudo anual sobre a percepção da cultura em Portugal. Nesta primeira edição foram feitas 1.192 entrevistas telefónicas numa amostra aleatória estratificada por região, sexo e escalão etário. A amostra é representativa do universo de indivíduos residentes em Portugal Continental e Ilhas, com idade igual ou superior a 15 anos. As entrevistas foram realizadas entre 8 de março e 6 de maio de 2019.
Os resultados apresentados no relatório Barómetro Gerador Qmetrics têm um nível de confiança de 95%. A margem de erro para uma escala de 1 a 10 é de 0,16 pontos e a margem de erro para a proporção é de 2,8 pontos percentuais.