Um dos momentos mais importantes de qualquer cultura são as suas manifestações concentradas num determinado espaço e data. Celebrações que podem ser gastronómicas, musicais, populares, históricas, de teatro ou mesmo de banda desenhada. Por isso, fomos questionar os portugueses sobre quais os eventos a que já foram alguma vez na vida e a quais marcaram presença no último ano.

Os Santos são, sem dúvida, os eventos referência da cultura portuguesa. Pelo menos um terço dos portugueses já participou no São João do Porto ou no Santo António de Lisboa. A Feira de São Mateus, em Viseu, a Feira Medieval, em Santa Maria da Feira, e a Romaria da Nossa Sra da Agonia, em Viana do Castelo, ocupam o resto do Top 5 dos eventos em que os portugueses já participaram. Aliás, nota-se que os eventos populares clássicos são os que atraem mais pessoas.

Valores em percentagem.

Os grandes festivais de música surgem na segunda metade da tabela, com o NOS Alive a recolher maiores visitas, seguido do NOS Primavera Sound e do Vodafone Paredes de Coura.

Espreita os dados sobre os eventos que os portugueses frequentaram no último e sabe tudo sobre o Barómetro Gerador Qmetrics aqui.

O Barómetro Gerador Qmetrics pretende fornecer ferramentas para apoiar livremente os autores, agentes culturais e líderes políticos e empresariais nas decisões relacionadas com as estratégias culturais. E quer pôr todos os portugueses a reflectir sobre a importância da cultura para a sociedade.

O Barómetro Gerador Qmetrics é um estudo anual sobre a percepção da cultura em Portugal. Nesta primeira edição foram feitas 1.192 entrevistas telefónicas numa amostra aleatória estratificada por região, sexo e escalão etário. A amostra é representativa do universo de indivíduos residentes em Portugal Continental e Ilhas, com idade igual ou superior a 15 anos. As entrevistas foram realizadas entre 8 de março e 6 de maio de 2019.
Os resultados apresentados no relatório Barómetro Gerador Qmetrics têm um nível de confiança de 95%. A margem de erro para uma escala de 1 a 10 é de 0,16 pontos e a margem de erro para a proporção é de 2,8 pontos percentuais.