A arquiteta vai participar na conversa "A arquitetura comunitária", pelas 12h00 do dia 21 de maio, juntamente com a arquiteta e vereadora da Câmara Municipal de Lisboa, Ana Jara, e o coletivo de arte, Coletivo Warehouse.

Catarina de Almeida Brito é co-fundadora da revista independente ‘Migrant Journal’ (Londres, 2016), e jornalista freelance (vários trabalhos publicados nas revistas Wallpaper* e The Spaces, entre outras).

É Mestre em Planeamento Urbano e Ciências Sociais (City Design and Social Sciences) pela London School of Economics and Social Sciences (2013) e licenciada em arquitectura pela University of Bath (2012) e pelo Royal College of Arts (2016).

Colaborou desde 2017 na área de projecto com o ateliê de arquitetura 3RW arkitekter em Bergen, na Noruega. Produziu o documentário cinemático Landscape Healing (2019) do realizador britânico nomeado para os prémios BAFTA de 2017 Richard John Seymour, apresentado na Trienal de Arquitectura de Oslo.

De 20 a 22 de maio vamos tentar responder à pergunta "Há uma nova oportunidade para a cultura agora?", dando voz a nomes como David Throsby, Gonçalo M. Tavares, Ana Jara, Welket Bungué, Emília Ferreira, Nuno Centeno, Beatriz Gomes Dias, John Romão, Martim Sousa Tavares e muitos outros.

Vais poder assistir a concertos, debates, performances, entrevistas, masterclasses e ter acesso a um recinto totalmente virtual com espaços que vão desde os palcos à restauração, passando pela sala onde podes conviver com outros festivaleiros. Descobre tudo na página principal do Oeiras Ignição Gerador.

Compra já aqui o teu passe de 3 dias