A banda Chão Maior, sobe aos palcos para a apresentação ao vivo do álbum de estreia "Drawing Circles", no dia 28 de abril, pelas 20h30, na Culturgest, Lisboa. O sexteto marcará ainda presença, no dia 30 de abril, às 21h15, no gnration, em Braga. No concerto da Culturgest, o ensemble conta com a participação de Salomé Pais Matos, na harpa, e de Igor Dimitri nas imagens e vídeo.

Pensado no decorrer dos últimos anos, os primeiros rascunhos do álbum "Drawing Circles", editado em 2021 pela Revolve, saíram em meados de 2018, quando Chão Maior se começou a tornar no maior projeto musical do trompetista Yaw Tembe. A ele, juntam-se atualmente mais cinco músicos, Norberto Lobo na guitarra, Ricardo Martins na bateria, a vocalista Leonor Arnaut, João Almeida no trompete, e no trombone Yuri Antunes.

@ Vera Marmelo

Ao longo deste caminho, o músico Yaw Tembe foi originando diálogos íntimos entre os diferentes membros, o que acabaria por se transformar num sexteto plural, numa união imprevisível que explora idiomas, influências e estilos. A banda atravessa os universos do rock, jazz, folk ou kraut, numa corrente em que improvisação e experimentação ditam os impulsos mais fortes.

A estreia em palco para apresentação do primeiro disco de Chão Maior, terá lugar na Culturgest, em Lisboa, do dia 28 de abril pelas 20h30. Sobem ao palco do gnration, em Braga, no último dia do mês de abril, pelas 21h15.

Local: Culturgest, em Lisboa; gnration, em Braga

Horário: 28 de abril, às 20h30, e dia 30 de abril, no gnration, em Braga, pelas 21h15

Preço: Bilhetes entre 5€ e 14€ (Culturgest)

Fotografias de Vera Marmelo