O novo repertório de Rodrigo Leão será apresentado à cidade de Santarém, em dois concertos, que se realizarão no dia 21 de Dezembro, no Teatro Sá da Bandeira.

O seu novo projecto tem vindo a constituir-se ao longo dos últimos dois anos e caracteriza-se pelo diálogo entre a música clássica contemporânea e a electrónica, o qual tem sido aberto por encontros com músicos como Ludovico Eunaudi, Olafur Arnals ou Nils Frahm. Depois de Life is Long (2016), álbum partilhado com Scott Matthew, Os PortuguesesO Aniversário (2018), os scores para as exposições Florestas Submersas, do Oceanário de Lisboa, e O Cérebro, da Fundação Calouste Gulbenkian, o músico criou cerca de 40 novas peças, das quais foram escolhidas 15 novas composições, que estarão presentes no seu próximo álbum, que conta com a colaboração do compositor e produtor italiano Federico Albanese.

A evocação das memórias de infância e a inocência que as toca serão intensificadas pela presença de um grupo coral juvenil, pela violinista Viviane Tupikova e a cantora lírica Angela Silva, que, juntamente com João Eleutério, Carlos Toni Gomes e Viviane, comporá o quinteto. A imagem estará perto do som. O espectáculo tem uma forte componente visual, responsável pela criação de um ecantamento que conduz o público às moradas do músico.

Local: Teatro Sá da Bandeira, Santarém

Data e Hora: 21 de Dezembro, às 18h30 e às 22h00

Preço: 20€ (12€ para alunos e  professores do Conservatório, 16€ para grupos com um número de elementos igual ou superior a 10, maiores de 65 e menores de 30)

 

*Este artigo encontra-se ao abrigo do Acordo Ortográfico de 1945

Fotografia cedida por UGURU

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.