No dia 2 de Novembro, a Orquestra Metropolitana, sob a direcção musical de Ana Pereira, dá início à Temporada Barroca (2019/2020) com obras de Bach (pai e filho), Graun e Benda, no Museu Nacional de Arte Antiga.

Frederico II, coroado rei da Prússia, destacava-se, não só pelos seus feitos bélicos, mas pela ligação profunda à música. Tocava flauta, era compositor e um grande mecenas. Instituiu um teatro de ópera italiana em Berlim e, nalgumas alturas do ano, promovia duas a três soirées musicais semanais. Chegou a contar com meia centena de músicos ao seu serviçoo, tais como Franz Benda, Johann Graun e Carl Philipp Emanuel Bach, os quais somos convidados a ouvir neste programa. De Bach, ser-nos-á trazida a Sinfonia em Mi Menor, Wq 177 e partes de Oferenda Musical, BWV 1079, de Benda, o concerto para Violino em Ré Menor, e de Johann Gottlieb Graun, o concerto para Violino em Ré Menor.

O concerto também decorrerá no dia 3 de Novembro, no Teatro Joaquim d’Almeida, no Montijo, e com entrada livre.

Local: Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa

Data e Hora: 2 de novembro, às 21h00

Preço: 16€

Fotografia de Joel Wyncott, via Unsplash

Se queres ler mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.