A Igreja Matriz de Santa Maria da Devesa, em Castelo de Vide, recebe o concerto do Utopia Ensemble, no dia 31 de julho, pelas 21h30. Integrado no Festival Terras sem Sombra, as obras da polifonia europeia elevam as memórias judaicas da vila e revisitam o património da região. O evento é de entrada gratuita.

Em palco, as vozes do Utopia Ensemble, o quinteto que explora composições do século XVI e início de século XVII, inspira-se no livro epónimo de Thomas Morus, com o qual partilha a vocação europeia. Entre outras iniciativas, “o ensemble procura trazer à superfície uma visão inovadora do panorama musical, tanto flamengo como internacional, após a Idade Média.”

Composto por Alice Foccroulle (soprano), Bart Uvyn (contratenor), Adriaan De Koster (tenor), Lieven Termont (barítono) e Guillaume Olry (baixo), os cantores apresentam-se no Festival Terras sem Sombra para dar a conhecer uma nova visão da música antiga, que se funde à arquitetura e memória histórica do local.  O programa “Porque Vagueias, Alma Minha? Polifonia Europeia do Renascimento e do Maneirismo”, combina Canto Gregoriano, obras de compositores europeus.

No dia 31 de julho, às 15h, é conduzida a visita guiada “ De Volta a Casa: Memórias Judaicas de Castelo de Vide”. Segue-se o concerto, pelas 21h30 do mesmo dia. O programa do festival encerra com “Um Alentejo Diferente: A Serra de S. Mamede”, que no dia 1 de agosto, pelas 9h30, convida a um olhar atento sobre a paisagem e biodiversidade da serra.

Local: Igreja Matriz de Santa Maria da Devesa, Castelo de Vide

Horário: 31 de julho de 2021, às 21h30

Preço: Entrada gratuita, sujeita a reserva.

Fotografias da cortesia de Festival Terras sem Sombra