Pelo Dia Mundial do Património Audiovisual, celebrado a 27 de outubro, queremos recordar o filme Fados. Fados é um filme documentário de Carlos Saura, lançado em 2007, no âmbito da sua trilogia sobre a canção urbana moderna que começou com Flamenco (1995) e Tango (1998).

Saura utiliza um gênero próximo ao documentário sem enredo ou protagonistas que com grande beleza visual representa um musical na sua forma mais pura. Saura, reconhecido amante da música e da dança, mostra a sua admiração por Portugal.

Para dar uma visão global do fenómeno, o realizador contou com o grande representante do fado Carlos do Carmo, assessor musical do filme, e vencedor do Goya à Melhor Canção Original, junto com Fernando Pinto do Amaral por “Fado da saudade”. Também aparecem outros artistas como Mariza, Camané, Lila Downs, Caetano Veloso ou Miguel Poveda, Ricardo Ribeiro ou Carminho, alguns jovens promessas na altura e hoje consolidados como grandes figuras
musicais.

De Mãos Dadas é um projeto digital do Conselho Cultural da Embaixada de Espanha em Portugal que pretende mostrar os pontos de união, quer sejam históricos, artísticos, geográficos ou pessoais que, ao longo da história e na atualidade, fizeram de Espanha e Portugal países vizinhos que caminham de mãos dadas. 

O projeto Mãos Dadas está a ser divulgado no âmbito do programa EP COLAB 2021. Promovido pela AECID – Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o DesenvolvimentoEmbaixada de Espanha em Portugal e Gerador, este é um programa de atividades digitais que pretende colocar em contato artistas e entidades culturais espanholas e portuguesas. Descobre mais aqui.