De 14 a 17 de agosto, a discoteca lisboeta Lux Frágil recebe sua casa, em Santa Apolónia, um variado leque de artistas internacionais e nacionais residentes, para noites onde o tema dominante é a música eletrónica.

Quarta, dia 14, o português Afonso Peixoto estará encarregue de girar discos no Terraço, enquanto o Bar será invadido por Zé Pedro Moura, Nvno e Leonaldo de Almeida. Mais abaixo, serão Dexter e o ambient do produtor italiano Luigi Tozzi os responsáveis pela Disco.

Quinta, dia 15, DJ AL ocupar-se-á de dar música ao Terraço. No Bar estarão Novo Major e Silvestre, enquanto a Disco recebe Tiago e Powder que “editou na ESP Institute, Trilogy Tapes e Cocktail D'Amore, organiza algumas noites bem únicas em Tóquio (5ive está metido nisso, também), tudo no tempo livre que o seu emprego genérico permite. Sai do trabalho a sentir-se "frustrada e tensa" e isso resulta em alguma da house mais exótica e especial que conseguimos ouvir hoje em dia. Nem sequer se chama house, na maior parte das vezes”, explica Ricardo Varela, em comunicado.

Sexta, dia 16, Senior Vasquez regressa ao Lux Frágil para dar música ao Terraço. No Bar, Telma & Varela servirão o seu serviço, enquanto Inês Duarte e Move D, estarão uns degraus abaixo, na Disco a partilhar com o público os seus DJ sets.

Sábado, dia 17, Switchdance regressa ao Bar, desta vez partilhar-lo-á com HNRQ. No Terraço estará Catxibi a dar música, e na Disco, o resisdente Rui Vargas regressa para mais uma noite, juntamente com Roman Flügel.

Local: Lux Frágil, Lisboa

Data: 14 a 17 de agosto

Preço: a partir de 12€

Fotografia de Guillaume Techer disponível via Unsplash

Se queres ler mais sobre a agenda da cultura, clica aqui.