No próximo domingo, dia 17 de novembro, o Teatro da Rainha faz uma viagem pela poesia portuguesa, desde o século XIII, com as Cantigas de Amigo, Escárnio e Mal-Dizer, passando pelos poetas do Cancioneiro Geral, até à atualidade, relembrando temas de Zeca Afonso, compostos a partir da voz dos poetas.

Para esta iniciativa um colectivo do Teatro da Rainha, composto por António Anunciação, António José Xavier, José Carlos Faria e Nuno Machado,  devolve a poesia ao seu primordial e fraterno carácter comunitário, em assembleia.

Esta iniciativa integra-se no projeto “Pouso da Poesia”, sendo que esta sessão inclui-se na programação do Festival de Poesia Contemporânea O som da tinta, que decorre em Setúbal entre os dias 14 e 17 de novembro.

Local: Casa da Cultura, em Setúbal

Data e hora: 17 de novembro, a partir 18h

Preço: Entrada livre

Fotografia de João Silas via Unsplash

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.