A Fashion Revolution Week acontece este ano em formato digital, de 19 a 25 de abril, com webinars, #OpenFactory e Círculos de Partilha sobre as temáticas da indústria da moda. O evento apela à transformação no universo da moda, propondo colocar as pessoas e o planeta à frente dos lucros, desmistificando as práticas desta indústria a nível global.

A campanha global anual da Fashion Revolution Week apela ao reconhecimento dos consumidores e líderes governamentais, relativamente às atuais crises sociais ligadas à indústria da moda, agravadas pela situação pandémica. Pretende-se com esta ação o debate e exposição "sobre o poder do indivíduo consumidor na mudança política e sistémica necessárias a um mundo mais justo para todos", anuncia a organização.

A campanha global pretende juntar produtores e consumidores em ciclos de debate pelo futuro da indústria da moda

Com o auxílio de membros da comunidade e influenciadores digitais, a Fashion Revolution Week quer responder à questão "Para onde vão as roupas que doamos?", entre outros assuntos a abordar ao longo da semana. É também proposto o debate e partilha sobre a realidade dos mercados de roupa em 2ªmão no continente africano, as marcas de fast-fashion e a todas as implicações políticas e ambientais os produtos de algodão da Índia em todo o mundo.

A campanha contará com a presença online de diferentes marcas portuguesas, no âmbito da #OpenFactory, numa iniciativa pela maior transparência na cadeia de abastecimento. Já os webinars acontecerão todos os dias da semana às 18h30. Os Círculos de Partilha, sessões acessíveis por inscrição, fazem parte do programa de fim de semana, 24 e 25 de abril das 10h30 às 12h.

A equipa da Fashion Revolution Portugal conta já com 14 voluntários

O Fashion Revolution é um movimento global que quer sensibilizar o consumidor para o impacto social, ambiental e económico da indústria da moda, expondo as práticas da indústria à escala global. O principal objetivo da campanha, que conta atualmente com 14 voluntários em Portugal, é demonstrar que a mudança de comportamento e consumo por parte dos produtores/marcas e público consumidor, é acessível e necessária para um futuro mais sustentável da indústria da moda.

Este ano o evento realiza-se na semana de 19 a 25 de abril em formato digital. A participação é gratuita e o programa da Fashion Revolution Week está disponível para consulta nas plataformas digitais.

Texto Ana Mendes
Fotografias da cortesia de organização Fashion Revolution Week

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.

O Sobressalto é o projeto do Gerador e da ZERO que une a cultura e o ambiente, criando ferramentas para a transição verde e promovendo reflexões e debates junto da comunidade cultural. Um dos seus eixos é a criação de conteúdos jornalísticos, como este, dedicados à sustentabilidade nos meios do Gerador. Sabe mais aqui.