A artista musical vai participar na conversa "O futuro da cultura para as novas gerações", pelas 17h00 do dia 20 de maio, juntamente com o acordeonista João Barradas e o fundador da Orquestra Sem Fronteiras, Martim Sousa Tavares, e a artista musical, Surma.

Surma é Débora Umbelino e vem de Leiria, mas o que nos traz na música que faz vem de locais mais exóticos. Domina as teclas, os samplers, as cordas, trabalha com vozes e com loop stations em sonoridades que fogem do jazz para o post-rock, da electrónica para o noise e nos transportam para paragens mais ou menos incertas, em atmosferas desconhecida

Notada cedo entre os mais atentos aos universos alternativos, Surma foi conquistando público um pouco por todo o lado. O single de estreia, “Maasai”, editado em 2016, indicava um caminho singular que o álbum “Antwerpen” (2017) veio a consolidar. “Hemma”, single e apresentação do álbum, foi nomeado para melhor canção nacional nos prémios da Sociedade Portuguesa de Autores em 2017.

De 20 a 22 de maio vamos tentar responder à pergunta "Há uma nova oportunidade para a cultura agora?", dando voz a nomes como David Throsby, Gonçalo M. Tavares, Ana Jara, Welket Bungué, Emília Ferreira, Nuno Centeno, Beatriz Gomes Dias, John Romão, Martim Sousa Tavares e muitos outros.

Vais poder assistir a concertos, debates, performances, entrevistas, masterclasses e ter acesso a um recinto totalmente virtual com espaços que vão desde os palcos à restauração, passando pela sala onde podes conviver com outros festivaleiros. Descobre tudo na página principal do Oeiras Ignição Gerador.

Compra já aqui o teu passe de 3 dias