Barcelos é cidade que pensa com as mãos dos artesãos. Conhecida pelo símbolo nacional do Galo de Barcelos, a cidade é, também, terra do figurado, da olaria e dos bordados de crivo. Neste episódio, vamos conhecer não só a Cidade Criativa do Artesanato e Artes Populares, mas também a cidade inserida na rede de Turismo Criativo e Destino de Turismo Cultural Sustentável em 2019. A porta da oficina vai abrir-se com o figurado de António Ramalho, o molde do profano e do religioso vai ser preparado pelos Irmãos “Mistério”, e a reciclagem dos materiais ficará a cargo de Filomena Oliveira. Para perceber o que é isto de fazer do artesanato uma forma de viver, Nuno Rodrigues, focal point do Munícipio de Barcelos, leva ao forno uma miríade de ideias e ações, hoje cristalizadas na região.

Coloca os headphones e ouve os apontamentos sonoros a três dimensões.

A cultura tem uma medida certa? Este podcast, de oito episódios, explora as sete cidades portuguesas que integram a Rede das Cidades Criativas da UNESCO e as três que estão a concurso em campos criativos que ainda não foram atribuídos no país. Perceber como é que a cultura e a criatividade dinamizam estas cidades, em harmonia com a Agenda 2030 da ONU, é importante para conhecer a essência de cada região. E este podcast vai trazer-te diferentes ângulos sobre estas cidades portuguesas. Este podcast complementa a reportagem da Bolsa Essencial sobre o mesmo tema, que podes ler na edição 34 da Revista Gerador.

Podes ouvir o primeiro e o segundo episódio e viajar até Idanha-a-Nova, aqui, para Óbidos, aqui, e para Amarante, aqui.