Por vezes, há perigo na ponta de uma caneta. Ou por trás das teclas dum computador. Sem querer, um livro pode acabar destruído, um acontecimento que está para suceder ganha grande importância, etc. Não deves estar a perceber a conversa, mas eu explico. Falo de palavras que estando muito próximas, tendem a confundir-se, embora tenham significados, por vezes, opostos.

Resultado: a confusão instala-se, o escriba hesita. Afinal, passas despercebido ou desapercebido? A fossa é sética ou cética? Estará a tarde solarenga? Se não prestares atenção, corres o risco de que ninguém te entenda. A crónica de hoje andará à volta de algumas destas confusões do português.

Aderência vs. Adesão

O vocábulo aderência é sinónimo de ligação de uma coisa a outra, é a «qualidade do que é aderente». Normalmente, nunca se usa com pessoas.

Esta tinta tem boa aderência ao cimento.

Já adesão usa-se como sinónimo de aprovação ou concordância. Normalmente, usa-se com pessoas.

A sua adesão àquele partido surpreendeu toda a gente.

 

Cético vs. Sético

Cético é uma pessoa descrente, incrédula; alguém com uma atitude de permanente dúvida.

Ele é cético, desconfia sempre de tudo.

Sético remete para algo que está contaminado.

Há uma febre sética, especialmente pronunciada com a adesão de uma infeção.

 

Desapercebido vs. Despercebido

Desapercebido significa desprevenido, descautelado. Ou seja, quando não prestamos atenção a algo, estamos desapercebidos.

Ele apanhou-me desapercebida, e eu não soube responder ao que pretendia.

Despercebido refere-se a algo ou alguém que não se viu ou ouviu. Ou seja, quando não reparamos em algo, geralmente isso passou-nos despercebido.

Foi uma picada leve, quase despercebida.

Passaram despercebidos no meio da multidão.

 

Eminente vs. Iminente

Eminente é algo ou alguém importante, que se destaca.

Ocupa um lugar eminente na empresa.

 Iminente designa algo estará prestes a acontecer.

Antevejo um perigo iminente.

 

Soalheiro vs. Solarengo

Soalheiro refere-se a um local exposto ao sol; ou a algo que é luminoso, quente.

Passei a tarde a gozar o sol do soalheiro do quintal.

Está uma manhã soalheira.

Solarengo é um adjectivo usado para qualificar algo como sendo semelhante ou pertencente a um solar.

Sentia-se como um nobre no seu quarto solarengo.

 

Confusões à parte, o mais importante é continuar a afiar a (nossa) língua.

Texto de Ana Salgado
Ilustração de João R. Saúde

Se queres ler mais crónicas do Afiar a Língua, clica aqui.