No Barómetro ao Milímetro da última quinzena, analisámos os hábitos de consumo de cinema dos portugueses e os realizadores que os mesmos destacam. Esta semana, vamos olhar também para as outras áreas sobre as quais nos debruçámos no Barómetro Gerador Qmetrics de 2020 e ficar a saber quem são os autores mais admirados da cultura portuguesa.

Na categoria da representação, quando questionados acerca das atrizes e atores que mais admiram, o nome que os inquiridos mais referem é o Ruy de Carvalho, reforçando até a avaliação obtida no ano anterior. Em segundo lugar surge Daniela Ruah, seguida por Alexandra Lencastre e Eunice Muñoz. Na faixa etária mais jovem, o primeiro lugar é ocupado por Rita Pereira, que, por outro lado, não aparece mencionada pela faixa etária de maiores de 55.

Já na música, os Xutos e Pontapés lideram todos os grupos etários, inclusive os mais novos. Destacamos, ainda, uma descida de popularidade de Tony Carreira e a entrada do Diogo Piçarra e de António Zambujo no top 10, atrás de Rui Veloso e Mariza. Na faixa etária mais jovem, surgem também nomes como Fernando Daniel, Ornatos Violeta, Piruka e Capitão Fausto.

Nesta categoria, apenas 30% dos inquiridos não souberam ou não quiseram responder, em contraste com 67% na categoria de artistas plásticos. À semelhança do que sucedeu na categoria de realizadores e realizadoras, 83% dos mais jovens optaram por não responder.

Joana Vasconcelos continua a liderar esta categoria, embora com uma menor percentagem do que em 2019, e podemos destacar a entrada no Top 10 de dois artistas conhecidos pelo seu trabalho de arte urbana: Vhils, para o terceiro lugar, e Bordalo II, para o sexto, o que revela que os portugueses têm uma visão alargada das artes plásticas.

Já no que toca a escritoras e escritores, José Saramago reforça o lugar cimeiro em 2020 e José Rodrigues dos Santos, um dos poucos autores vivos referidos, conjuntamente com Antóio Lobo Antunes, Miguel Sousa Tavares e José Luís Peixoto, ascende ao segundo lugar do Top 10. É ainda importante referir que Sophia de Mello Breyner é a única mulher a marcar presença na lista.

Para terminar, avaliámos, pela primeira vez no Barómetro Gerador Qmetrics, a dimensão do humor. Ricardo Araújo Pereira e Herman José destacam-se neste indicador, sendo que o primeiro apresenta uma liderança incontestável no segmento mais novo, onde o Herman José não é citado nas primeiras dez referências. No Top 10 geral, chamamos ainda a atenção para a presença dos jovens humoristas Ana Arrebentinha e Pedro Teixeira da Mota.

O Barómetro Gerador Qmetrics é um estudo anual que analisa a opinião dos portugueses sobre a cultura. Realizado pela primeira vez em 2019, o âmbito do questionário deste ano incidiu, principalmente, nas consequências da pandemia na sociedade e na cultura. Sabe mais sobre o relatório de 2020 aqui e pede o teu relatório completo aqui.

Quinzenalmente mergulhamos no Barómetro Gerador Qmetrics para trazer análises dedicadas ao comportamento da cultura em Portugal. Fica atento aos próximos artigos! 

Síntese Ficha Técnica

O universo do estudo é constituído por indivíduos com idade igual ou superior a 15 anos, residentes em Portugal Continental e Ilhas. A Amostra, com 1.201 entrevistas validadas, foi estratificada por região, sexo e escalão etário, em Portugal Continental, e por Ilhas, e distribuída em cada estrato de acordo com a repartição da população alvo em cada estrato. As entrevistas foram realizadas de 20 de abril a 7 de maio de 2020, através de um questionário aplicado online utilizando o método CAWI (Computer Assisted Web Interview). Os resultados são apresentados com um nível de confiança de 95%. A margem de erro para a média na escala 1 a 10 é de 0,15 pontos e a margem de erro para a proporção é de 2,83 pontos percentuais.