Em Abril de 2019 a Ignição Gerador esteve pelo Museu Nacional de História Natural e da Ciência, em Lisboa. Duas performances inéditas surpreenderam os todos presentes, num final de tarde de sábado animado.

Com vontade para recordar tudo o que aconteceu?

A CIÊNCIA DO FUTURO

Bem-vindos ao ano de 1819. Neste século de grandes avanços científicos e técnicos, uma nova teoria promete mudar as nossas vidas. A frenologia, a ciência do futuro, vai mostrar-nos como as características da nossa personalidade estão gravadas nas bossas do nosso crânio. Desde que Napoleão foi derrotado, não se fala noutra coisa! Um médico português, recém- chegado de Londres, aprendeu tudo sobre esta nova ciência e vai finalmente demonstrar-nos por que razão é a raça branca superior às outras, e qual a explicação para a superioridade intelectual dos homens, em relação às mulheres. Estiquem as vossas cabeças e preparem-se – o espectáculo vai começar!

Texto e direcção: Daniel Gamito Marques

Performer: Miguel Ponte

Figurino: Isabel Costa

M A D

Uma viagem autobiográfica partilhada pela primeira vez. Um convite a deslizar num mundo do inesperado.

Da relação entre a Madalena e o par de patins. Da inocência e da consciência.
Da descoberta, da desistência.
Da rotina à liberdade.

De um solo a um dueto.
Uma dança rodopiante, por caminhos incertos, ainda longe de estar terminada.

Criação e interpretação: Madalena Pereira

Esta edição da Ignição Gerador fez parte da programação Outras Cenas, que antecede a 20° edição do FATAL – Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa  e que, durante o mês de Abril, leva vários momentos de programação cultural a espaços improváveis da Universidade de Lisboa.