"Cegueira Colectiva"

Obra gráfica de Tomás de Castro Neves, originalmente publicada na Revista Gerador 36.
« de 3 »

Este conjunto de peças representa as relações interpessoais e a manifestação do ego na sociedade. Vivemos numa época em que o homem já não precisa de um espelho para se ver a si próprio, mas anseia cada vez mais por se ver. Por todo o lado, constantemente, como se dependesse disso. Procura recursos de diferenciação e compete com uma imagem de si próprio que a maior parte das vezes não existe.

Há uma cegueira colectiva porque na era da imagem a complexidade da comunicação levanta mais paredes do que constrói pontes. As palavras deixam de comunicar um conteúdo individual para se moldarem ao colectivo.

*O autor utiliza o antigo Acordo Ortográfico.

Compra aqui a tua Revista Gerador 36: