A Culturgest recebe a primeira exposição antológica de Gabriela Albergaria, “A Natureza Detesta Linhas Retas”, até dia 27 de junho. A obras, que vão da escultura, a instalações, fotografias ou desenhos, compõem os vários momentos do percurso da artista, e o balanço dos seus 16 anos de trabalhos em torno das relações de aculturação da paisagem e da natureza. Esta exposição está inserida no programa Lisboa Capital Verde.

“A Natureza Detesta Linhas Retas”, com a curadoria de Delfim Sardo, reúne trabalhos produzidos na Alemanha, na Colômbia, no Brasil, no Reino Unido e na Bélgica, que abordam questões como a influência da ação humana nos processos de transformação da paisagem, a modificação dos ecossistemas através da importação de espécies vegetais não autóctones ou a história da domesticação da natureza presente na construção dos jardins botânicos no século XVIII.

Algumas das obras que têm aqui a sua primeira apresentação pública

No contexto do trabalho da artista Gabriela Albergaria, as representações são sempre orientadas por um olhar que pretende revelar os processos históricos e percetivos implicados na apropriação e manipulação que temos vindo a fazer do mundo vegetal ao longo dos séculos.

Local: Culturgest

Horário: 6 de abril a 27 de junho, de terça-feira a domingo, das 11h às 18h

Preço: Bilhete 5€ Entrada gratuita aos domingos até às 14h

Fotografias de Renato Cruz Santos