No âmbito do programa “Obra Aberta” e no contexto da exposição patente “Desenho sem fim” de Rui Chafes, o jardim da Casa da Cerca, em Almada, recebe no próximo dia 18 de maio, a performance “Comer o coração nas árvores”.

A escultura foi pensada por Rui Chafes, inspirando-se em “Comer o coração”, obra que representou Portugal na 26.ª Bienal de Artes Visuais de São Paulo, em 2004, concebida, originalmente, pelo escultor e pela bailarina Vera Mantero.

O programa “Obra Aberta ” apresenta propostas artísticas que visam promover a fruição aprofundada de uma obra ou conjuntos de obras de uma exposição patente, mediante experiências proporcionadas por artistas e criadores de outros campos, como a poesia, a música, a dança, o teatro ou a literatura.

Local: Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, Almada

Data e hora: 18 de maio, às 18h

Preço: Entrada livre

Fotografia de Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.