Este sábado, dia 21 de dezembro, o OKNA - Espaço Cultural, no Porto, inaugura a exposição Aqui Ninguém Fica Mal Sozinho, da artista e encenadora de teatro romena Bianca Stânea, que aborda a vivência dos bairros típicos da cidade Invicta, também conhecidos como "ilhas".

Trata-se de um retrato íntimo de uma das formas tradicionais portuguesas de viver no meio de uma cidade que está a mudar drasticamente. As chamadas "ilhas" são bairro típicos da cidade portuense que aumentaram em número durante a industrialização da cidade no século XIX. Esse tipo de organização habitacional envolve pequenos espaços de convivência, com uma área externa comum e uma única porta que permite o acesso a partir da rua. Existem cerca de 957 "ilhas" no Porto, com aproximadamente 10.000 habitantes.

"Ao substituir estatísticas e números por histórias e rostos, a identidade desses lugares pode ser preservada como uma coleção de memórias audiovisuais", explica a artista na apresentação desta exposição que é também  o primeiro capítulo de um projeto de pesquisa em andamento que quer envolver os habitantes remanescentes destes bairro em vários eventos culturais. A exposição é um dos projetos selecionados pela iniciativa i-Portunus financiada pelo Programa Europa Criativa.

Local: OKNA - Espaço Cultural, no Porto

Data e hora: de 21 de dezembro a 18 de janeiro, a partir das 18h (no dia da inauguração)

Preço: Entrada livre

Cartaz de OKNA - Espaço Cultural

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.