Até dia 31 de julho, é possível visitar a exposição Latitude de Gema Rupérez, patente na galeria Acervo – Arte Contemporânea, em Lisboa.

Inaugurada em maio, a exposição da artista espanhola, nascida em 1982, debruça-se sobre a história do meridiano de Greenwich, lugar de “convenção cientifica, comercial e sócio política”, através do qual se explora o conjunto de paisagens que sustentam o meridiano, e o “sentimento de pertença emocional, para falar do desejo de sobrevivência, de pertença emocional e das distopias da sociedade contemporânea”.

Cada trabalho da exposição corresponde a uma intervenção desenvolvida na província de Aragão ao longo do meridiano, que a atravessa, construindo uma topologia visual que relaciona a antropologia, no seu campo de estrutura social, com a experiência individual da artista, proveniente da região.

Local: Acervo – Arte Contemporânea, Lisboa

Data e hora: Até 31 de julho, das 15h às 20h

Preço: Entrada livre

Fotografia de Bruno Lopes

Se queres ler mais notícias sobre a cultura em Portugal, clica aqui.