A CABANAmad reabre ao público com a inauguração de GEOgraphias, uma exposição de arquitetura, com curadoria de Antonio Lettieri e atelier archipelago - Catarina Croft e Amílcar Nunes. Cinco jovens de ateliers portugueses, de Faro, Funchal, Lisboa, Porto e São Miguel, juntam as suas obras em torno da Memória, do Corpo, do Tempo e da Linguagem, disponíveis para visita de 1 de julho a 23 de setembro de 2021.

O trabalho de arquitetura portuguesa que tem vindo a resolver dicotomias entre representação, projeto e obra, chega à CABANAmad para propor uma reflexão sobre representações gráficas resultantes das ações e perceções humanas, sobre o lugar onde se vive e a sua construção. Os ateliers escolhidos representam diferentes lugares, caracterizados por especificidades dos territórios aos quais pertencem.

O CAVE OFFICE, de Lisboa, representado por João Veríssimo e Miguel Cavaleiro; CORPO, de Faro, com trabalhos de Filipe Paixão; MEZZO ATELIER, de São Miguel, Açores, com a dupla Giacomo Mezzadri e Joana Oliveira; NMS da cidade do Porto, com Nuno M Sousa; e PONTO ATELIER, do Funchal, Madeira, com obras de Pedro Ribeiro e Ana Pedro Ferreira.

Primitive Structure (2019) CORPO ATELIER


GEO, de lugar, paisagem e território. GRAPHIA, de caracterização gráfica, cartografia e disciplina. A exposição apresenta um encadeamento de diálogos entre os ateliers e os lugares geográficos onde intervêm, e, num segundo momento, uma exploração do Corpo e da da Linguagem, única em cada atelier e território.

A exposição GEOgraphias estará disponível para visita na CABANAmad, de 1 de julho, primeira data de inauguração, até dia 23 de setembro de 2021, todas as quintas-feiras, das 11h às 20h. É possível fazer marcação através do email info@cabanamad.com.

Local: CABANAmad, em Lisboa

Horário: de 1 de junho a 23 de setembro de 2021, quinta-feira das 11h às 20h, ou por marcação.

Preço: Consulte aqui.

Fotografias da cortesia de CABANAmad