O Centro Português de Serigrafia, no espaço do Centro Cultural de Belém, recebe de 22 e junho a 4 de julho, a exposição “Manicómio x CPS: Imitação da Existência”, com um conjunto de serigrafias e obras originais dos artistas Cláudia R. Sampaio, Joana Ramalho, Bráulio e Zé dos Castelos.

Em parceria com o espaço artístico Manicómio, o Centro Português de Serigrafia explora o conceito de arte contemporânea através da pintura ilustração, design, arquitetura e arte outsider. Os quatro artistas resultantes da parceria com o Manicómio, surgem da vontade de demonstrar a arte bruta portuguesa, que acrescenta autenticidade ao trabalho artístico.

Com a curadoria de Sandro Resende, “Manicómio x CPS: Imitação da Existência”, inaugurou dia 22 de junho, terça-feira, e estará patente até dia 4 de julho na galeria, que conta com um vasto percurso de mais de 30 anos de atividade e divulgação de mais de 600 artistas.

O Manicómio, parceiro na exposição, é o primeiro espaço e galeria de criação de Arte Bruta em Portugal, com artistas residentes que experienciaram ou experienciam uma doença mental, habitando um espaço aberto a todos, na freguesia do Beato, em Lisboa.

Local: Centro Português de Serigrafia, no Centro Cultural de Belém

Horário: 22 de junho a 4 de julho

Preço: Entrada gratuita

Fotografia de Pedro Ventura