Até dia 29 de abril é possível visitar em exposição, na Galeria Tapeçarias de Portalegre, obras de Eduardo Nery, numa revisita à "Pulsação da Cor", anteriormente exposta em 2007, homenageando o seu percurso artístico. Agora, em 2021, a nova dinâmica do espaço abrange duas salas de galeria, abrindo espaço para a "Pulsação da cor revisitada", com um conjunto de obras, reproduções e padrões em tapeçaria do artista plástico português.

A tapeçaria de Portalegre é uma arte identitária e original pela sua técnica manual, tendo como ponto de partida obras de pintores conhecidos, portugueses ou estrangeiros. Estas são posteriormente ampliadas, formando quadriculas que representam pontos, em desenho de tecelagem. Em "Pulsação da cor revisitada", encontramos a exploração das vibrações de cor com a abstração geométrica das formas, numa alusão ao olhar do artista sobre as cidades e sobre o seu trabalho.

A iniciar a exposição, a tapeçaria Atmosferas, a preto e branco, obra de Eduardo Nery

Para além da exposição, em tons de azul e verde, a segunda sala da galeria permite ainda experimentar dobras e colagens, como forma de redescobrir a arte da tapeçaria e os seus materiais. Com curadoria de Pedro Jaime Vasconcelos, a exposição "Pulsação de cor revisitada", pretende fazer o público repensar sobre o ritmo da vida, através da cor, cinemática e velocidade da pulsação das obras de Eduardo Nery.

Local: Galeria de Tapeçarias de Portalegre, na Rua da Academia das Ciências, em Lisboa

Horário: de 24 de novembro de 2020 a 29 de abril de 2021, terça e quinta-feira, das 14h às 19h30

Preço: Marcação prévia para 961 230 586

Fotografias disponíveis na página de facebook da Galeria Tapeçarias de Portalegre