Até ao dia 24 de novembro é possível visitar “Ângelo de Sousa: Quase tudo o que sou capaz”, uma exposição que reúne desenhos, pinturas e esculturas de Ângelo de Sousa, no Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco

Inaugurada a 4 de setembro, a exposição parte de uma parceria estabelecida entre a Fundação de Serralves e o Município de Castelo Branco, integrando desta forma o programa de exposições e apresentação de obras da Coleção de Serralves que tem como objetivo “tornar o acervo acessível a públicos diversificados de todas as regiões do país”. 

Figura incontornável da cena artística do Porto e do país, Ângelo de Sousa nasceu em Moçambique no ano de 1938 e dedicou-se, ao longo da sua carreira, ao desenho, à pintura, à escultura, à instalação, ao filme e à fotografia. Em 2010 Jorge Silva Melo estreia “Tudo o que sou capaz”, um documentário sobre o artista a partir de várias entrevistas que lhe fez entre 2007 e 2009. Podes saber mais sobre este documentário que mergulha no universo inquieto de Ângelo de Sousa, aqui.   

Local: Centro de Cultura Contemporânea, em Castelo Branco

Data e hora: Até 24 de novembro, no horário de funcionamento do espaço

Preço: Entrada livre

Fotografia de ©Ângelo de Sousa

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.