fbpx
Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

Sofá do Gin Tonic na Supernova

O Sofá do Gin Tonic foi uma iniciativa que o Gerador criou para integrar o…

Texto de Gerador

Apoia o Gerador na construção de uma sociedade mais criativa, crítica e participativa. Descobre aqui como.

O Sofá do Gin Tonic foi uma iniciativa que o Gerador criou para integrar o programa do festival Supernova 2016, onde desafiámos três atores portugueses, Ivo Canelas, Raquel Strada e Pedro Górgia, a fazerem uma leitura encenada d’Os Contos de Gin Tonic, do escritor Mário-Henrique Leiria.

No meio do edifício da Reitoria da Universidade Nova de Lisboa, em Campolide, um espaço pouco frequentado pelos estudantes, montámos uma verdadeira sala de estar onde público e artistas se instalaram. E, claro, para fazer jus ao nome da obra não podíamos deixar de ter gin tonic: no final de cada leitura todas as pessoas do público recebiam um shot de gin.

A Supernova foi um festival que o Gerador organizou para a Universidade Nova de Lisboa, em setembro de 2016, para acolher os novos alunos universitários. O programa incluía concertos às escuras numa garagem, workshops de vários temas, conversas com nomes como Tó Trips, Joaquim Albergaria ou o Sejkko, e até os Capitão Fausto se juntaram à festa para fechar, com um concerto, este dia único.

Gerado para Universidade Nova de Lisboa

Publicidade

Se este artigo te interessou vale a pena espreitares estes também

1 Novembro 2021

Concerto Aberto à Improvisação, com Júlio Resende

1 Novembro 2021

Bolas de Bruxelas

1 Novembro 2021

Ópera no Reservatório da Patriarcal de Lisboa

1 Novembro 2021

Paus e o Baterista no Muro

1 Novembro 2021

Rota de Tapas Estrella Damm

1 Novembro 2021

Concerto Mike El Nite no Mercado de Oeiras

1 Novembro 2021

Terapias Artísticas

1 Novembro 2021

Concerto Surma em 360º

6 Novembro 2020

Uma noite em Casa

6 Novembro 2020

Uma Página para Emoldurar

Academia: cursos originais com especialistas de referência

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação à Língua Gestual Portuguesa [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Práticas de Escrita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Jornalismo e Crítica Musical [online ou presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Produção de Eventos Culturais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Pensamento Crítico [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Planeamento na Comunicação Digital: da estratégia à execução [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Narrativas animadas – iniciação à animação de personagens [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Iniciação ao vídeo – filma, corta e edita [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

O Parlamento Europeu: funções, composição e desafios [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Introdução à Produção Musical para Audiovisuais [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Soluções Criativas para Gestão de Organizações e Projetos [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Fundos Europeus para as Artes e Cultura I – da Ideia ao Projeto

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Viver, trabalhar e investir no interior [online]

Duração: 15h

Formato: Online

30 JANEIRO A 15 FEVEREIRO 2024

Comunicação Cultural [online e presencial]

Duração: 15h

Formato: Online

Investigações: conhece as nossas principais reportagens, feitas de jornalismo lento

5 JUNHO 2024

Parlamento Europeu: extrema-direita cresce e os moderados estão a deixar-se contagiar

A extrema-direita está a crescer na Europa, e a sua influência já se faz sentir nas instituições democráticas. As previsões são unânimes: a representação destes partidos no Parlamento Europeu deve aumentar após as eleições de junho. Apesar de este não ser o órgão com maior peso na execução das políticas comunitárias, a alteração de forças poderá ter implicações na agenda, nomeadamente pela influência que a extrema-direita já exerce sobre a direita moderada.

22 ABRIL 2024

A Madrinha: a correspondente que “marchou” na retaguarda da guerra

Ao longo de 15 anos, a troca de cartas integrava uma estratégia muito clara: legitimar a guerra. Mais conhecidas por madrinhas, alimentaram um programa oficioso, que partiu de um conceito apropriado pelo Estado Novo: mulheres a integrar o esforço nacional ao se corresponderem com militares na frente de combate.

A tua lista de compras0
O teu carrinho está vazio.
0