A 13ª edição da Leitura Furiosa decorre nos dias 23, 24, 25 e 26 de maio em Serralves, no Porto.O encontro improvável entre escritores e grupos de pessoas “zangadas” com a leitura — que aprenderam a ler, mas que a vida afastou da leitura — é apoiado pelo Serviço Educativo do Museu de Serralves.

Na manhã de quinta-feira cada um dos cinco grupos envolvidos se reúne com um escritor. Mais tarde, o escritor sozinho escreve um texto a partir do encontro que tiveram e na sexta-feira de manhã volta a encontrar-se com o seu grupo. Nesse encontro juntam-se a um ilustrador, que irá ilustrar o texto à vista de todos. No sábado de manhã os escritores e os grupos de participantes visitam livrarias e, no domingo à tarde, os resultados da Leitura Furiosa são apresentados na Biblioteca de Serralves. Os textos são lidos e cantados pelos escritores e por músicos convidados. 

A Leitura Furiosa surgiu em Amiens há algumas décadas, pelas mãos da Associação Cardan, uma instituição dedicada à luta contra a iliteracia. Em 2010 Luiz Rosas e Eduardo Dionísio trouxeram a ideia para Portugal, que teve a sua primeira edição na Abril em Maio, Associação Cultural, em Lisboa. 

Sabe mais sobre este evento, aqui

Local: Serralves, no Porto

Data e hora: 23, 24, 25 e 26 de maio ao longo do dia

Preço: Entrada livre 

Fotografia de Serralves disponível via Facebook

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.