Esta quinta-feira, dia 5 de dezembro, arranca em Ílhavo, a 2.ª edição do Leme, festival dedicado ao circo contemporâneo que decorre até domingo, dia 8, tendo como mote o conceito simbólico da matéria e das suas múltiplas possibilidades de utilização.

Para este primeiro dia são vários os espetáculos agendados, num dia marcado pela  apresentação da peça Fronteira (na foto), do Teatro da Didascália e também do espetáculo [HOSE], do criador nacional Daniel Seabra, marcado pelas acrobacia aérea em que recorre a vários tipos de mangueiras de uma empresa da região, tornando-as não só cenário, mas também elementos do espetáculo, a que junta a cenografia de Maria Trabulo e o design sonoro de Miguel De.

Neste dia, o festival Leme conta ainda com a Oficina Objetos e Equilíbrios e a formação teórica Desafiar a Gravidade, Inovação Cenográfica para o Circo Contemporâneo, ambos pelo teatro MOMGGOL, e os espetáculos Ozymandias, de Francisco Simões, (IN)-Balance, de Bianca Lima e Gabriel Dias, e Contra(tempo), de Lia Sara e Sofia Encarnação.

Local: Ílhavo (vários locais)

Data e hora: 28 e 29 de setembro, das 10h00 e às 21h30

Preço: entre 3,5€ e 15€ (passe geral) para os espetáculos indicados, os restantes são de entrada livre

Fotografia do Teatro da Didascália

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.