No próximo dia 14 de junho, o Museu Internacional de Escultura Contemporânea (MIEC), em Santo Tirso, acolhe a performance “There was nothing here but nostalgia and reminiscence”, do performer português Frederico Dinis.

A performance explora o “efémero de uma procura que não tem fim e assume-se como uma viagem de experiências preceptivas que invoca aspetos visuais e sonoros”, explica a organização em comunicado.

Frederico Dinis é um compositor português, performer audiovisual e investigador das media arts que procura representar um espaço-tempo figurativo, combinando narrativas sonoras e visuais com espaços inusitados. O seu trabalho tem sido abraçado por museus, salas de concerto, espaços públicos e eventos na Europa e no Brasil e chega, agora, ao MIEC.

Local: Museu Internacional de Escultura Contemporânea, Santo Tirso

Data e hora: 14 de junho, às 21h30

Preço: Entrada livre

Fotografia de Frederico Dinis

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.