Revoluções, o resultado de um cruzamento disciplinar entre coreografia, instalação, imagem e música, vai estar no Theatro Circo, em Braga, no dia 22 de fevereiro às 21h30. Com direção e coreografia de Né Barros e uma instalação sonora e vídeo do coletivo Haarvöl, o espetáculo cria em cena dispositivos que permitem viver as revoluções e as suas multiplicidades históricas e imaginárias.

No palco Deeogo Oliveira, Elisabete Magalhães, Francesca Perrucci, José Meireles, Júlio Cerdeira e Sónia Cunha dão corpo à criação de Né Barros tendo como pano de fundo conceptual o efeito de expansão produzido pelas revoluções, as suas proporções que podem ser gigantescas, mas que também podem resultar em mudanças profundas e íntimas, mudanças invisíveis, e produzir desilusões ou traumas. Em cena são criados dispositivos pelo coletivo Haarvöl e pela Digitópia, da Casa da Música. A direção musical é de José Alberto Gomes.

Este espetáculo é co-produzido pelo Rivoli Teatro Municipal e pelo Balleteatro, e dirige-se a um público maior de 12 anos.  

Local: Theatro Circo, em Braga

Data e hora: 22 de fevereiro às 21h30

Preço: 12€

Fotografia disponível no evento do Facebook

Se queres saber mais sobre a agenda da cultura em Portugal, clica aqui.