Entre os dias 15 de março e 26 de Maio de 2019, o Centro Histórico de Oeiras foi invadido pelas celebrações dos 45 anos do 25 abril.

O Gerador respondeu ao desafio do Município de Oeiras de celebrar este aniversário redondo da liberdade com um conjunto de iniciativas que envolvesse a comunidade local, dos mais pequenos aos mais graúdos, e que dinamizasse o centro histórico da cidade.

A programação desdobrou-se em oito fins-de-semana, de março a maio, com atividades de sexta a domingo. Oeiras foi palco de concertos de nomes como Capitão Fausto, Mike El Nite, Filipe Sambado e Joana Espadinha, conversas informais, sobre liberdade, abertas ao público com convidados como AKA Corleone, Vanessa Teodoro, Fernando Alvim, Matilde Campilho, Benjamim, Márcia ou Hugo Brito. Para além destes momentos, houve ainda espaço para exposições, arte urbana, curtas-metragens, workshops artísticos e gastronómicos para toda a família, teatro, e muitas outras atividades de celebração da cultura portuguesa. Tudo de entrada gratuita.

Descobre aqui algumas das atividades que programámos:

Conversas sobre liberdade

Juntámos chefs de cozinha, artistas plásticos, realizadores, ilustradores, escritores, comediantes, atores e músicos para falarem sobre liberdade aos sábados na Galeria Verney, bem no centro de Oeiras. Neste ciclo de conversas contámos com nomes como o Hugo Brito, AKA Corleone, Miguel Gonçalves Mendes, Nuno Saraiva, Matilde Campilho, Fernando Alvim, Márcia ou Benjamim.

Concerto Mike El Nite no Mercado

O mercado abastecedor de Oeiras transformou-se por uma noite numa verdadeira sala de concertos. Entre as bancas, o músico Mike El Nite trouxe a este espaço do quotidiano o seu último álbum Inter-Missão, numa noite que foi do rap, ao hip-hop, passando pelo pop ou mesmo fado.

Instalação Depois na Rua Febus Moniz

Desafiámos o coletivo Depois, um coletivo de arquitetura que dá uma nova vida a diferentes tipos de materiais, a criar uma instalação de arte pública para o céu da rua pedonal do centro histórico de Oeiras, Febus Moniz. A partir de um conjunto de lençóis, a rua encheu-se de cordas e baloiços suspensos que refletiam sobre a ideia de fuga e de libertação.

Concerto numa casa particular

Convencemos uma família residente no centro histórico de Oeiras a abrir as portas de sua casa para receber um concerto exclusivo da artista Catarina Munhá. Um concerto caseiro com o encanto habitual da autora do álbum Animal de Domesticação.

Workshop de queijadas de Oeiras no Mercado

As Queijadas de Oeiras têm uma receita secreta mas neste workshop, pais e filhos, avós e netos, puseram as mãos na massa para recriarem esta queijada de chorar por mais, nas bancas do Mercado Municipal de Oeiras. No final, ainda saírem de lá com um certificado de pasteleiros.

Espreita em baixo algumas fotografias.

Gerado para Câmara Municipal de Oeiras