Cleo muda-se para Lisboa na infância onde realizou a maior parte da sua formação. As suas primeiras experiências teatrais foram com o grupo de teatro universitário Mis-cutem, na sequência disso inicia a sua formação artística profissional em 2012, na ESTC.

Desde 2015 que participou como intérprete em vários projetos teatrais de encenadores nacionais dos quais se destaca, Rogério Carvalho, Mónica Calle, Sónia Baptista e Mário Coelho, Pedro Baptista. 

Integrou também várias produções de cinema nacional e internacional, dos quais destaca Diamantino de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, Verão Danado de Pedro Cabeleira e Terra Amarela de Dinis Costa.

No Trampolim Gerador, a 10 e 11 de setembro, Cleo Diára vai participar na peça Comida Dramática, escrita por Tiago R. Santos.

O Trampolim Gerador volta a dar o salto de 9 a 12 de setembro e invade a Central Gerador com performances, conversas, concertos, arte urbana, gastronomia e muito mais. A organização conjunta do Gerador e da Junta de Freguesia do Lumiar traz até ao Largo das Conchas autores como Filho da Mãe, Rão Kyao, Margarida Montenÿ, Pitanga, Tiago R. Santos, Pedro Branco, Luís André Sá e muitos outros. Descobre tudo aqui.

VOLTAR À PÁGINA