Gerado para Direção-Geral do Património Cultural

A Direção Geral do Património Cultural lançou o desafio ao Gerador de organizar a primeira convenção em Portugal sobre a relação entre cultura e migrações, no âmbito do Conselho da Europa, juntando mais de 20 convidados de vários países europeus, entre 24 e 25 de maio de 2018.

Obviamente, porque isso está no nosso sangue, quisemos reinventar a formato formal de fazer convenções e arriscar um novo conceito, mas, sempre, com o objectivo de tornar este encontro mais eficaz e consequente.

O nosso ponto de partida foi a convicção de que quanto mais descontraído for o clima destas reuniões, em oposição ao ambiente de laboratório habitual, mais facilmente retiraremos as conclusões pretendidas.
Ora, na cultura portuguesa, quando pensamos em reuniões de pessoas, informalidade e vontade de tomar decisões, pensamos em refeições :-)

Portanto, todas as sessões de trabalho começavam ou terminavam numa refeição, associadas a desbloqueadores que garantissem a informalidade. Tivemos desde workshops de sardinhadas, de cozinha moçambicana, até a uma aula de Bollywood.

Tudo feito na Mouraria, uma zona lisboeta conhecida pela sua diversidade de nacionalidades, em espaços não convencionais para seminários, mas que permitiam o contacto com a comunidade local de uma forma genuína. Todas as refeições foram realizadas em restaurantes típicos da zona, alimentando a economia local.